Páginas

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Como dizer adeus...



Como é difícil dizer adeus, mas um de nós precisava dizer, eu sei que chegou o momento e não tem jeito, eu não sei que palavras usar, não quero ferir você, apenas ser sincera com nossa relação.

Nunca poderemos dizer que foi por falta de tentativas...ahh! quantas idas e vindas. Eu sei não é fácil ver o fim, não quero pensar que foi tudo uma ilusão, mas um sonho bom que acabou.

Agora vou seguir meu caminho tentando não sofrer, tentando não lembrar.

E quem sabe num novo amanhã a gente se encontre e então seja a nossa vez de ficarmos juntos.

****Este texto não expressa meu momento, é apenas uma prosa inspirada em situações do cotidiano de algumas pessoas.


Escrito em 11/03/2009
Cris Marino
Fonte: Google imagens

22 comentários:

  1. O que se passa? Depois do amor, paixão, filhote futuro... o que se passou?

    ResponderExcluir
  2. Não diga adeus Christiane, diga antes um até já!!!

    Beijinho para si e levante essa moral...a vida é bela!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, dependendo do que se trata e de quem, é muito difícil, mas é o desafio da vida: momentos de até logo ou de nunca mais...

    E a consequência pode ser só uma, se não o arrependimento: a saudade.

    Bj
    Marcelo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Amigos!!!

    Está tudo bem comigo, estou super feliz no meu casamento e eu e meu marido estamos juntinhos.
    Esta é apenas uma prosa que escrevi em março e postei agora.
    Alguns textos que coloco (são mais raros) tratam da minha realidade, outros são apenas ficção.
    Agradeço a preocupação.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  5. Cristiane,

    Você arrematou seu texto com o seguinte a verdade: "E quem sabe num novo amanhã a gente se encontre e então seja a nossa vez de ficarmos juntos".

    Pois é, muitas vezes, é necessário um "adeus", para que a distância realimente o amor de antes ente duas pessoas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. é dificil dizer adeus mesmo...
    doi!

    ResponderExcluir
  7. Ótima reflexão Cris!
    É sempre ruim dizer adeus para as pessoas, escrevendo sobre um "adeus" é como exorcisar.
    Beijos menina, ótima semana para ti :)

    ResponderExcluir
  8. Mas bah, guria.
    Não é fácil ser artista na blogosfera, os leitores levam tudo para o pessoal...E, olha que você avisou.
    É isso que chamo de literatura; transformar as vivencias cotidianas, em poesia e prosa.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  9. olá cris

    nunca diga adeus..

    diga sim até já..

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Cris, que bacana esse texto e a reflexão que propôs, apesar de datar "antigo"(rs), o assunto é sempre atual: dizer adeus: desvencilhar-se de coisas, de pessoas, de manias... podemos fazê-lo de muitos modos, não é? Quero crer que todo fim indica um (re)começo e o "Adeus" é apenas uma divisão entre este e aquele. Ah! Acho engraçado que mesmo salientando ser somente seu "eu lírico" falando por si, alguns o confundem sua pessoa, de carne e osso(rs)! Literatura tem desses encantos e (des)encantos também!hehe!Bjins e até!

    ResponderExcluir
  11. Ola Cris, boa noite!
    Lindo isso parabéns!
    Esse trecho “E quem sabe num novo amanhã a gente se encontre e então seja a nossa vez de ficarmos juntos” me deixou arrepiado, pois analisando é bem uma verdade, afinal tudo tem seu tempo.
    È difícil dizer adeus, eu ainda digo que não sei se algum estarei preparado pra dizer adeus seja qualquer que sejam as circunstâncias. Dói D+...
    Mas voltando ao trecho acima... esse pensamento acaba confortando essa despedida.
    Bjs
    Paulo Ka
    the K theory

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Deixo aqui o link de um blog voltado para a saúde mental, gostaria do seu apoio em divulgá-lo pois lá será um local de informação, debates, artigos, etc. Conto com sua colaboração.

    http://transtornobi polar2009. blogspot. com/

    Porque a saúde mental, merece atenção!

    Abraços

    Silvana Pedrini

    ResponderExcluir
  13. Ao meu querer!
    Dias noites, estações esquecidas
    Inventei sonhos para sonhar
    Lavei mágoas, dores perdidas

    Uma árvore toca as águas da lagoa
    O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
    Um Melro negro solta um pio ao acaso
    A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


    Convido-te a ver a Cor da Claridade


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá Cris muito interessante o texto, aliás os seus textos são um máximo.
    Parabéns!
    beijinhos e tenha um lindo fim de semana

    ResponderExcluir
  15. você anda nos enganando para ver se estamos todos atentos ehehehhehe

    ainda bem que é ficção :)
    mas só hoje reparei que estava escrito, e em azul rsssss

    Beijinho para si

    ResponderExcluir
  16. Cris,
    Dizer adeus é uma das coisas mais difíceis do mundo...pra mim despedidas são sempre um martírio! Dói, machuca, faz sofrer.
    Bjos,
    Paulinha

    ResponderExcluir
  17. Cristiane,

    Estou passando por aqui para lhe desejar feliz Dia da Amizade.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Não é fácil dizer adeus as despedidas são sempre difíceis
    beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Olá,
    Passei para deixar um grande abraço,pelo dia de hoje,embora todos os dias são dias especiais para os amigos de verdade.
    Boas energias
    Bjs
    Mari

    ResponderExcluir
  20. Bem, espero que não seja pessoal mesmo...

    Mas achar alguém que atenda as suas necessidade no amor é algo bem dificil, mas recompensador...

    Fique com Deus, menina Cris.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Ola...,

    e' engracado como as pessoas tem medo da dor, apenas se interessam da paz, felicidade..., mas pouco da verdade. A verdade esta na dor de dizer com palavras "adeus" por exemplo, mas alem disso preferimos um ate ja ou amanha que nunca vai chegar ou se chega, ja e' a propria verdade do adeus a nos machucar.
    cemanha@gmail.com

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por comentar! não esqueça de colocar seu nome e e-mail (caso não tenha blog) para contato, nem sempre consigo responder os comentários, mas com toda certeza leio todos com muito carinho.
Bjãozão da Cris!!!