Páginas

domingo, 16 de agosto de 2009

Reféns do Tempo?



Eu gostaria de viver num lugar em que culpar o tempo por não conseguirmos realizar nossos objetivos não fosse uma realidade cotidiana. Um lugar que houvesse tempo de sobra para lermos aquela pilha de livros da nossa lista, escutar músicas antigas que marcaram épocas, escrever todas as idéias que passam em minha mente, visitar os amigos queridos e conversar até tarde.
Meditar, refletir, até observar uma borboleta...um beija-flor, admirar o sol, as estrelas, sentir o vento balançar meus cabelos sem me preocupar com o penteado, contemplar uma rosa e fazer dela um belo texto.
Queria não me preocupar tanto com que os outros pensam ou deixam de pensar, derrubar algumas regras e certos tabus, apenas seguir a intuição, não queria seguir padrões. Mas, ser apenas eu, abandonando máscaras, que eu mesma criei e me revelando.


Cris Marino, escrito em 17/02/2009.
Imagens: google.

21 comentários:

  1. Cris, eu tb preciso de um tempo assim.

    Boa semana

    bjus

    ResponderExcluir
  2. Cris,

    Esse lugar seria um paraíso, ansiado por muitos. Quem dera eu vivesse num lugar assim, pois estou precisando, mesmo, de me por em dia - principalmente comigo mesmo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. O tempo que não nos deixa enganar... Às vezes nos queixamos em não ter tanto tempo, porém, quando o temos, não é para fazermos aquelas coisas que tanto queremos. Ao mesmo tempo que ele é bom, consegue ser ruim. Mesmo assim, a gente ainda dá um jeito de ter um tempo (mesmo que muito curto) para fazermos o que gostamos (melhor que nada).

    Bj
    Marcelo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Cris eu também gostaria de viver em um lugar assim, qts coisas deixamos de fazer pelo fato de estarmos sempre correndo e muitas vezes quando temos um tempinho já estamos tão cansados pelo menos eu sou assim, prefiro ficar em casa apenas descansando mesmo.
    Parabéns pelo texto, vou tentar organizar mais meus horários quem sabe eu consiga fazer coisinhas que estão sempre faltando fazer...rs

    beijos e tenha uma linda semana

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Cris, que texto bacana! Não deixamos de ser "reféns" quando vivemos em função de algo ou alguém somente. O mundo hoje exige de nós e nós nos exigimos mais ainda, é difícil ser feliz se pensarmos só nisso (preencher toda a agenda de "coisas a fazer" - fazer por nós ou pelos outros somente?). Temos que encontrar um equilíbrio e não será difícil: nosso corpo, mente e espírito costumam dar sinais de desgaste ou de felicidade quando atingimos um determinado nível. Observemos mais o tempo ao invés de sermos observados apenas e tão somente por ele, que acha? Dê-se esse presente. Eu também procuro por ele. :D Bjins e até!

    ResponderExcluir
  6. Cris, encontrar tempo para fazer tudo o que se quer é quase utópico nos dias atuais kkkkkkkk As vezes tenho vontade de fazer somente as coisas que gosto, mas daí as obrigações me chamam kkk É brabo menina!
    Beijos e ótima semana :)

    ResponderExcluir
  7. Olha, Cris:

    Enquanto não encontramos esse lugar, vamos tentando aprender a viver no lugar que temos, tentando transformar o lugar que temos, sermos mais nós mesmos e menos o nós que os outros querem, sermos mais surdos a discursos que não nos acrescentam nada e mais atentos aos que nos elevam, vamos aprendendo a acordar com um obrigado ao nosso mundo e um Eu chego lá a nós mesmos... Enquanto não encontramos esse mundo vamos nos deixando encontrar nesse mesmo.

    Um beijo, menina. Gostei muito do seu texto.

    William

    ResponderExcluir
  8. Nossa vida é tão corrida que quando paramos o dia acabou e não tivemos tempo para fazer nada do que realmente gostaríamos de ter feito. Observar o por-do-sol, abraçar um amigo, ajudar os filhos no dever de casa enfim, são tantas as vontades que infelizmente não são concretizadas por falta de tempo.
    Eu queria ter todo o tempo do mundo para fazer tudo o que você disse e muito mais, porém o tempo corre contra a gente. Precisamos ficar atentos ao tempo que ainda está por vir, pois este sim, ainda da tempo de fazer dele o nosso tempo!!!
    Beijos querida e tenha uma linda Quarta-feira...

    ResponderExcluir
  9. Cris, tem um selo pra vocÊ no meu blog. Fique à vontade se quiser declinar, mas espero que goste.:)

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Ei Cris!!

    O blog "O que elas estão lendo!?" está sorteando o livro "O Senhor March" ganhador do Prêmio Pulitzer de 2009!

    Como você é nossa seguidora, viemos aqui te convidar!

    Para participar, dê um pulo no blog e deixe um recado dizendo: eu quero participar!!!

    Já está concorrendo! Serão cinco ganhadores. O prazo termina hoje, dia 20 à meia noite!

    Beijos

    Equipe "O que elas estão lendo!?"
    www.elasestaolendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. òtimo texto.
    Deixe o vento bater nos teus cabelos...a vida quer!
    Maurizio

    ResponderExcluir
  12. Conheço esse lugar que vc sonha. Nasci, cresci nessse lugar. Só que esse lugar agora também já não é mais como antes, as pessoas de lá já começa a se preocupar com tudo isso que vc descreve.

    Que pena!!

    Bj

    ResponderExcluir
  13. Aaaah, eu estou precisando muito disso viu, nossa, ser o brigado a ter conpetencias, posturas e tudo o mais, principalmente no trabalho é muito cansativo, aprender a não ser eu mesmo é difícil, e quando eu serei eu mesmo? Nos sonhos? No futuro? Na saudade! Adorei seu blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  14. Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana.
    bjs

    aguardo sua visita :)

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    estou te visitando e deixando meu carinho,
    e agradecimentos,
    colorindo de amarelo
    o adeus ao Inverno
    A nobre Primavera já
    olha,o Inverno sorri"
    ótima semana
    Boas energias
    bjs
    Mari

    ResponderExcluir
  16. Tudo bem Cristiane?

    Eu já escrevi várias crônicas em meu blog a respeito disso também.

    Da mesma forma que você, o assunto "falta de tempo" me incomoda. Isso não quer dizer que eu esteja preso aos padrões impostos pela sociedade, segundo os quais muitas ocupações simultâneas são sinônimas de eficiência. Me incomoda é porque as pessoas por pensarem desta forma, são escravas de tais padrões e não dão a devida atenção à família e amigos.

    Beijos e boa quarta-feira.

    ResponderExcluir
  17. Somos escravos do tempo e fugir para onde pudéssemos viver sem essa preocupação é um sonho de todos.

    ResponderExcluir
  18. Queria simplesmente isso minha amiga sentar diante o mar e ouvir seus segredos..ouvir sua melodia vindo de suas profundezas....e por que não fazer?


    Ademerson Novais de Andrade

    ResponderExcluir
  19. Acho que a solução pra ter um tempo sem medida, é a não existência do dia, da noite e essa necessidade de dormirmos, principalmente. Se não gastássemos tanto tempo dormindo, acho que dava! Beijus

    ResponderExcluir
  20. Enquanto vivermos numa sociedade de definições, essa noção abstrata de medir a nossa vida vai existir. Querem empurrar o tempo por nossa goela abaixo. Por isso, é preciso recriar em si mesmo o seu próprio tempo para que consigamos fugir do mundo paranóico desse mundo das ampuletas..Enfim, gostei do seu texto. rs

    Obs.: Ando sumido, mas tudo por causa do tema do seu texto..rs

    abraços

    ResponderExcluir
  21. Fazendo Psicoterapia... Freud tinha razão :)

    Beijinho

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por comentar! não esqueça de colocar seu nome e e-mail (caso não tenha blog) para contato, nem sempre consigo responder os comentários, mas com toda certeza leio todos com muito carinho.
Bjãozão da Cris!!!