Páginas

sábado, 18 de abril de 2009

Blogagem Coletiva: Quem foi seu Monteiro Lobato?

Hoje é um dia muito especial, comemora-se o dia Nacional do livro infantil, esta data foi escolhida para homenagear o nascimento do escritor Monteiro Lobato e tornou-se oficial em janeiro de 2002.

Essa coletiva está sendo promovida pela Vanessa do Blog Fio-de-Ariadne em parceria com a Jorge Zahar Editor

Adoro falar de leitura e como surgiu meu amor pelos livros. Na verdade não tenho um fato só, às coisas foram acontecendo naturalmente e fui me encantando com a magia que os livros podiam trazer para minha vida. Desde criança gostava de ler e lia tudo: Jornal, gibis, livros, revistas, placas nas ruas, embalagem de produtos. Lembro que às vezes quando estava brincando no quintal de casa ou andando na rua o vento soprando devagarinho sempre me trazia algum pedaço de papel com letrinhas que eu ficava logo curiosa para saber o que era.
Mas, quando mudei de cidade aos 11 anos essa paixão tornou-se avassaladora, fiz uma amizade muito especial com a Cida, a bibliotecária do meu colégio, cativante e especial acho que posso dizer que ela foi minha Monteiro Lobato, ela sempre me dava dicas dos livros legais e me instigava a lê-los, aos poucos criamos o hábito de trocar figurinhas sobre os livros que líamos. Ela cuidava da biblioteca com tanto carinho e amor que lá acabou virando meu segundo lar. Passava muitas tardes por lá ouvindo as histórias da Cida e nas férias também boa parte de minha diversão era ter a biblioteca onde lia até escurecer.
Em casa achava gostoso ler debaixo do pé de limão ou no jardim, cada flor tinha um nome eu sempre contava sobre os livros para elas que se balançavam para lá e para cá de satisfação.
Eu ficava ansiosa a cada livro que iniciava sempre me perguntava “O que será que vou aprender de novo com essa leitura?” tinha claro em minha mente que após ler um livro jamais seria a mesma pessoa. Adorava ler Machado de Assis, José de Alencar, Pedro bandeira, Ganymedes José, Esopo, Hans Christian Andersen, Irmãos Grimm, Elias José... A série vaga-lume devorei quase toda e é claro MONTEIRO LOBATO com destaque para as leituras: Reinações de Narizinho, Viagem ao Céu, Caçadas de Pedrinho, Emília no País da Gramática, Dom Quixote das Crianças, Memórias da Emília, Histórias de Tia Anastácia, A chave do tamanho, Os 12 trabalhos de Hércules. Livros Maravilhosos que me faziam viajar no mundo da magia.
A leitura transformou minha vida e me edifica até hoje, sei que a cada livro que leio me torno uma pessoa melhor.

Obrigada ao Fio-de-Ariadne e a Jorge Zahar Editor pela oportunidade de falar de um tema tão emocionante!

Para conhecer os outros participantes clique aqui.

Abraços da Cris Marino

33 comentários:

  1. Excelente a sua postagem, Cris!

    Especial conhecer um pouquinho mais da sua história de vida!

    Benditos sejam os Monteiros Lobato que deixaram a herança do gosto pela leitura para nós!

    Essa blogagem tem me feito refletir sobre a importância de ser um Lobato na vida de meus alunos,


    bjs e parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente,parabéns!!!
    Gostei muito,tb estou participando dessa fantastica
    iniciativa.
    Beijos
    Mari

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cris!

    Adorei a imagem de você lendo embaixo de uma árvore e contando histórias para as flores. :)

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Que bom receber sua visita!!! MInha postagem já está publicada. Adorei conhecer seu cantinho!!!

    Um beijo,

    Renata

    ResponderExcluir
  5. Querida Cris!
    Obrigada pela presença calorosa em meu blog, sempre com uma palavra carinhosa e amiga. É uma surpresa sempre maravilhosa cada visita sua, cada palavra, cada comentário...
    Nutro por você uma amizade, mesmo que não nos conheçamos pessoalmente, mas que pelas palavras, imagino como você deve ser com seus amigos. Sempre atenciosa e amiga!
    Belo post!
    Sempre pessoas espciais fazendo diferença em nossas vidas, de maneira significativa e substancial.
    Tenho saudades dessa época, querida!
    Que maravilhosa Blogagem, não é mesmo!
    Bjs e bom fim de semana!
    Nade
    Orgulho de Ser

    ResponderExcluir
  6. Cada texto tem se tornado uma viagem a infância. Parabens...

    e obrigada pelos seu comentário.

    BEIJOS Alexia

    ResponderExcluir
  7. Como é bom termos a oportunidade de ler ótimas histórias como a sua, somente nestas blogagem coletiva isso é possível.
    Agradeço sua visita e comentário no meu blog.

    ResponderExcluir
  8. Olá Cristiane.

    que belo texto, Lobato é mesmo maravilhoso.
    Obrigada por sua visita e suas palavras de carinho.
    Amei seu espaço, voltarei outras vezes.
    Beijos e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  9. Monteiro Lobato é importantíssimo para a nossa cultura. Alguns de meus alunos questionam o porquê de sempre citá-lo quando o tema é literatura infantil; respondo dizendo que sem Lobato não teríamos literatura infantil brasileira com a forma que ela se apresenta hoje. Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  10. Cris: Venho retribuir com um comentário, bem merecido, a meu ver! Fiquei a conhecer-te um pouco mais: deveras apaixondíssima pela leitura e por tudo que aprendeste com ela, graças aos livros. De facto encaixa-se perfeitamente uma frase que li "Na casa da Vóvó", aqui na blogagem : "Quem não lê, não cresce na vida".

    Bjs Susana

    ResponderExcluir
  11. Que legal, Cristiane. Esta coletiva está tudo de bom! Cada um com uma coisa para nos acrescentar.

    Parabéns pelo texto!
    Bj
    Marcelo.

    ResponderExcluir
  12. Oi Cris,

    também tive em minha vida uma bibliotecária mais que especial, que muito me ajudou e incentivou. Ah se todas fossem assim não é mesmo....

    Excelente post, abraços.

    ResponderExcluir
  13. OI, que legal ter passado pelo meu blogue
    Eu gosto das blogages coletivas por isso.
    Pois acabamos conhecendo pessoas legais, com historias lindas, como a tua
    ;)
    Um beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Cristiane, é mesmo verdade que cada livro lido nos torna melhores...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Cris! Se fosse preciso atribuir nota (mania de professor!), daria 10.
    Como o mundo seria mais leitor se existissem mais Cidas...mas elas merecem nosso respeito, quase em silêncio nos conduzem por mares já navegados e outros, nem tanto.

    ResponderExcluir
  16. C.M. Achei vc na Vitma de Quinta e adorei a caricatura... Na sua ele foi bem feliz hehehe Vai ver a minha que figuraça! Tenho mais dentes que aa coisa, srsrsrsrsrsr Mas ele é demais, o Eduardo, tem tempo para todos nós. Uma gracinha....
    ENfim, gostei do seu blog e prometo voltar logo mais,,, estou ainda em processo de resposta para não deixxar ninguem sem receber um alozinho e o meu agradecimento.

    Um grande beijo e bom final de semana, CON

    ResponderExcluir
  17. A postagem está maravilhosa, tb tenho carinho especial pelas bibliotecárias da minha infância.

    adorei conhecer seu blog.
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Cris, obrigada pelo apoio no recadinho e no comentário, precisei destas suas palavras amigas. Ontem estive ansiosíssima o dia todo, meu pc me surpreendeu logo cedo, graças a Deus deu tudo certo, apesar de ter conseguido postar depois das 21:00H, que seja, participei com orgulho desta blogagem! Aliás, orgulho também do seu post e sua história. Assim como você comentou sobre mim, o mesmo digo de ti: há coisas que descobrimos uma da outra somente nas postagens, dado que não conversamos tanto de nossa infância e juventude, não é? Lindo o seu relacionamento com a literatura e com a bibliotecária (sua Monteiro Lobato). Imaginando você lendo sob o pé de limão também é muito bom, fiquei com vontade de estar lá relaxando junto...rs. Muito fofas as suas memórias!(amanhã terei folga e quero ver se consigo pôr em dia meus atrasados!)Bjins e até mais!

    ResponderExcluir
  19. Monteiro Lobato deu frutos entre as geracoes que o conheceram e se encantaram com suas historias. Parabens! Um beijo e otima semana.

    ResponderExcluir
  20. Olá cristiane! Belíssima postagem! Uma homenagem e tanto para um ser humano tão sábio. Aprendemos muito por aqui.

    Estamos prestigiando seu belo trabalho com um selinho tudo a ver. Passa lá no Alfabetização pra voce conferir.

    ResponderExcluir
  21. Olá Cris!
    Adorei sua postagem , adorei saber um pouquinho mais sobre você, sobre sua história e sobre como foi seu primeiro mergulho nesse fantástico mundo dos livros :o) Parabéns!
    Muito obrigada pelo comentário tão carinhoso!
    Beijos
    Até...

    ResponderExcluir
  22. Encontrar alguém que goste de ler e nos incentive é uma sorte grande. Ainda bem que há Monteiros (as) Lobatos (as) por toda parte!
    beijo

    ResponderExcluir
  23. Cris, senti em você uma pessoa que viveu mesmo a infância. Eu sempre fui cobrada pela família, no sentido de largar um pouco os livros e sair pra brincar. Daí quando diz que lia debaixo de um pé de limão, achei o máximo!! Boa blogagem! Beijus

    ResponderExcluir
  24. Meu avô foi o meu Monteiro Lobato!

    ResponderExcluir
  25. Cristiane, a organização do evento tomou um tempinho e não pude aparecer aqui antes. Muito obrigada por contribuir para o sucesso da coletiva.

    Abraço

    ResponderExcluir
  26. Fui leitor do Monteiro Lobato, e assisti muito Sítio do Pica-Pau na velha TV Tupi!

    Bjs e parabéns pela postagem!

    ResponderExcluir
  27. Cris,
    Pena que não pude participar dessa blogagem, amo ler!
    Tenha uma boa semana!
    Bjos,
    Paulinha

    ResponderExcluir
  28. Oi, já está no Fio a lista com os textos selecionados para a votação que premiará três blogueiros com um livro da Zahar. Conto com você para ajudar nesta tarefa. O link é http://tinyurl.com/dnlozq


    Abraço

    ResponderExcluir
  29. Tem um prêmio pra vc lá no meu blog.

    ResponderExcluir
  30. Bom dia amiga Cris!

    \o/ Que bom que você soube e participou dessa coletiva. Em minha opinião foi muito mais do que isso... Foi e ainda está sendo um grande evento. Logo que recebi o convite da Vanessa fiquei irradiante de alegria e, em especial, lembrei-me muito de você. Certo dia você deixou um comentário que muito me “embalou”, digo me incentivou (lembra?). Muito obrigado mais uma vez... Agradeço também pelo comentário que deixou no meu post do Dia Nacional do Livro Infantil, mas esse não foi a minha participação na coletiva. Atrevi-me a escrever. As suas palavras e as de algumas poucas, mas grandes amigas me levaram ao “lápis e papel” e assim nasceu uma redação que dela fiz o meu post de participação para contar “Quem foi meu Monteiro Lobato”. Para a minha grande surpresa o meu texto “Seu Adelino no Jardim da Penha” foi selecionado e é um dos finalistas para o sorteio dos livros da editora Zahar. Estou muito contente e feliz!

    Fui na livraria e comprei um livro que uma amiga me indicou - “Fábulas” de Monteiro Lobato. Já o “devorei” todinho...rs Encantei-me com as histórias e viajei com as lembranças do Sítio do Picapau Amarelo nas “telinhas”. A menina do leite? Nossa! Uma maravilha!

    Parabéns e obrigado por esse seu artigo. Posso dizer que hoje “somei” mais uma vez aqui em seu “cantinho literário”. Vou procurar um “pé de limão e/ou um jardim” para estudar cada autor que você citou. Alguns eu já conhecia de nome, mas nunca li nenhum. Aprendi mais um “pouquinho”... Parabéns para a Cida e suas histórias.

    Ah! Ao final do meu texto de participação tem um “presente” para você nos ~ CRÉDITOS FINAIS ~ . Fique com Deus minha amiga e tenha um bom dia! Muita Luz! A Paz. Com carinho, Renato_ò/

    ps. Sua opinião é muito importante para mim. Leia quando puder, viu? + 1 carinho amigo! Bjs iluminados!

    ResponderExcluir
  31. Ah! Eu de novo... rs

    “Jornal, gibis, livros, revistas, placas nas ruas, embalagem de produtos...”

    Faltaram as bulas de remédio...rs + 1 bj! Renato_ò/

    ResponderExcluir

Olá!
Obrigada por comentar! não esqueça de colocar seu nome e e-mail (caso não tenha blog) para contato, nem sempre consigo responder os comentários, mas com toda certeza leio todos com muito carinho.
Bjãozão da Cris!!!